segunda-feira, 21 de abril de 2014

Dicas de cinema: Jogos Vorazes



Antes de inciar a postagem, quero esclarecer que o dicas de cinema fala também sobre filmes que já saíram dele, eu deixei esse nome porque quando comecei tais postagens falava só de filmes em cartaz, mas dai comecei a falar de outros e o Dicas de cinema ficou pra tag no blog ;)


Hoje vou falar de um filme que comecei assistir com preconceito e por fim me apaixonei a ponto de ler o livro do final da trilogia de tão ansiosa para saber como se desenrolaria, para quem me conhece sabe que isso é muuuito difícil, eu não sou chegada em livros de ficção, só li quando era criança, para vocês verem o quanto gostei ahsuahsua...

Mas vamos ao filme, ou melhor aos filmes, que foram baseados em uma trilogia lançada em livros, dos quais dois já viraram filmes e o terceiro será exibido nas telonas em duas partes. Provavelmente quem está lendo esse post já assistiu aos filmes ou então já ouviu falar, mas se houver algum atrasadinho como eu que só foi ver no mês passado, eu digo que vale muito a pena! 
Achei que o filme tem uma pegada meio teenager, mas nem por isso deixa de ser bom. O enredo do primeiro nos mostra pequenos distritos, que levam vidas miseráveis e trabalham para sustentar uma capital luxuosa e toda tecnológica, os primeiros são subordinados desta, pois, perderam uma guerra no passado, além de trabalharem para ela, todos os anos precisam entregar um jovem e uma jovem entre 13 e 18 anos (os tributos) para os Jogos Vorazes, uma espécie de reality show onde tais jovens lutam pela sobrevivência em uma floresta que pode ser manipulada digitalmente onde apenas um tributo pode sair vivo.
A personagem principal, Katniss Everdeen, que é interpretada pela fofa da Jennifer Lawrence, vai para um desses jogos e seu comportamento durante o game gera uma revoltada social que vemos ser iniciada no segundo filme e que será desenvolvida nos dois últimos, e isso é muito legal, quando assisti o primeiro nem imaginava que as sequências teriam essa abordagem, e depois do primeiro ser todo envolto em ação e romances adolescentes, começam a aparecer filmes críticos com abordagens bacanas. 
O livro é muito bom, achei meio forte em algumas partes, não sei se serão fiel nesse ponto nos próximos filmes, mas não vejo a hora de assistir e tá mega difícil segurar a língua para não ficar contando spoiler para ninguém hasuhaushau

Enfim, se estão atrasadinhos como eu estava, corram pra assistir porque vale muito a pena!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve


Karina, 26 anos, cambeense, historiadora e intérprete de LIBRAS, viciada em internet, redes sociais, séries e joguinhos, estou aprendendo a ser mulherzinha depois de anos sem autoestima e vaidade, e criei esse espaço para falar um pouco sobre todas essas Karinisses!

Siga no Instagram

Snapchat

Snapchat

Seguidores

Arquivos do Blog

Pin It button on image hover