quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Dicas de séries: Better Call Saul



Para quem acompanha o blog ou me conhece pessoalmente, sabe que curti muuuito Breaking Bad, já falei em uma postagem aqui, e também fiz muito proselitismo por aí.

E quem conhece a série sabe que Saul Goodman é um dos personagens cômicos de Breaking Bad, que acabou ganhando uma série spin-off no Netflix chamada Better Call Saul.

Bom, eu sei que demorei horrores para postar sobre a série, mas tenho meus motivos, primeiro que esperei sair todos os episódios para poder ver tudo de uma vez, mas daí quando saiu tudo achei a série tão fraca que enrolei pra ver tudo, e acabei só esses dias.

Sei que muito fã pirou, e vai me julgar por esse post, mas eu esperava uma série voltada pra comédia, e em Better Call Saul não vemos nada disso, é drama puro. Mostra que o cara tinha uma vida tão ferrada que você passa a vê-lo com dó, e não encará-lo como  o sujeito malandro e oportunista de BB.

Essa primeira temporada mostra Saul como Jimmy, um rapaz esforçado que passa em direito e sonha em trabalhar na empresa de seu irmão, que é referência na área da advocacia, mas seu irmão adoece e ele quem fica responsável pelos cuidados do mesmo, enquanto pega trabalhos nos quais ganha pouco e não tem reconhecimento. Os episódios são arrastados, e apesar de Vince Gilligan ser muito bom de fazer dramas, a série fica pesada e arrastada, achei um porre assistir todos os episódios.

Um ponto positivo da série, é que além de entender o passado de Saul, também vemos o de outros personagens, como é o caso do Mike, que tem bastante destaque nessa primeira temporada. Além disso, da muita saudade vendo a cidade e todos os cenários que nos acostumamos em Breaking Bad.

Ah, e para quem jogou GTA V tem uma cena muito boa na série, o cara no qual o personagem Travor foi baseado, e que faz sua dublagem e tals, aparece em um dos episódios, com o mesmo naipe do Travor, foi muito engraçado ver ele lá.

Enfim, para concluir, essa foi minha opinião, espero que as demais temporadas melhorem!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve


Karina, 26 anos, cambeense, historiadora e intérprete de LIBRAS, viciada em internet, redes sociais, séries e joguinhos, estou aprendendo a ser mulherzinha depois de anos sem autoestima e vaidade, e criei esse espaço para falar um pouco sobre todas essas Karinisses!

Siga no Instagram

Snapchat

Snapchat

Seguidores

Arquivos do Blog

Pin It button on image hover