sexta-feira, 12 de junho de 2015

Minha experiência com o cronograma capilar


Há muito tempo tenho ouvido falar sobre o tal cronograma capilar, porém, eu achava muito complexo, muita coisa pra fazer e acabei deixando de lado. Mas, um dia fuçando em um blog em que a moça falava sobre o assunto, percebi que eu fazia todos os procedimentos, exceto seguir a tabela e fazer a reconstrução com queratina. Daí já que fazia toda função mesmo resolvi encarar o cronograma, seguir as tabelas e comprar os produtos que me faltavam, e hoje vim falar sobre minha experiência, o que mudou e tudo mais !

Bom, para quem não conhece o cronograma capilar é uma espécia de agenda que montamos para cada lavada do cabelo, e ele serve para devolver nutrientes que o cabelo perdeu e deixa-los lindos e sedosos. Pra quem acompanha o blog, já deve ter visto que meu cabelo é meio rebelde, por causa disso já tentei algumas técnicas, e tudo que me falam que é bom to passando ahahahaa, pra quem não viu ainda minhas mexelanças no cabelo, clica aqui.

Então, o cronograma funciona da seguinte forma, certos dias você terá que fazer hidratação, outros nutrição e também reconstrução. Eu ficava boiando nisso, mas nem é tão difícil de entender. Vou explicar resumidamente o que cada coisa faz:

Hidratação: fazemos com aqueles cremes hidratantes que usamos para fazer banho de creme sabe? Eles hidratam o cabelo e repõem a água dos fios, é fundamental para cabelos secos, armados e sem brilho.

Nutrição: a nutrição, também chamada de umectação, é feita com óleos ou manteigas, eu já fiz um post aqui no blog explicando como utilizar óleo de coco nos cabelos, quem não viu clica aqui. Essa etapa serve para tirar o frizz do cabelo, e regular a oleosidade necessária.

Reconstrução: a reconstrução é feita para devolver proteína aos fios, e consertar os que estão quebradiços e porosos. Eu fiz com queratina e máscara repositora de massa. Porém, esse processo não é indicado mais que uma vez ao mês. (Eu ainda não falei de como faço reconstrução, mas em breve explico aqui no blog)

Resumindo tudo, cada processo tem uma função, e realizando todas elas você consegue revitalizar o cabelo. A mudança em mim não foi muito brusca, pois, eu estava fazendo muita hidratação e a cada 15 dias fazia umectação, então já quase cumpria um cronograma, mas a reconstrução ajudou bastante. uma coisa curiosa que aconteceu comigo durante o processo, foi que quase no fim dele meu cabelo estava estranho, parece que as hidratações não funcionavam, estava armando e marcando fácil. Então a prima do meu namorado me deu uma dica, falou pra eu usar vinagre de maçã durante a reconstrução, e wow o cabelo ficou sensacional, quem quiser entender mais sobre o efeito do vinagre de maçã nos cabelos clica aqui.

Mas voltando ao cronograma, cada cabelo necessita de um diferente, o primeiro passo é identificar se o de vocês é oleoso, ressecado, poroso e etc. No blog Cabelos de Rainha, você encontra a descrição mais detalhada do processo e pode analisar o que será melhor para o seu cabelo, além disso, ela ensina quais produtos usar em cada etapa,  no Google podemos encontrar vários cronogramas prontos, como esses:

Imagem retirada de https://ficadicamiga.files.wordpress.com/2014/12/cronograma-capilar.jpg

Eu utilizei o segundo modelo. É importante não lavar o cabelo todos os dias, esperem um intervalo de 48 horas entre uma lavagem e outra.

Para concluir, eu queria ter tirado fotinha de antes e depois do cabelo, até pedi ajuda da minha mãe, mas ela não manja dos paranue, então as fotos ficaram ruins e escuras. Daí dei uma fuçada e achei fotos de outro contexto que fiz antes e outras que fiz depois, eu recortei e tal, espero que consigam ter uma idéia:

 Antes do cronograma:




Depois do cronograma:



Não sei se da pra reparar, mas nas fotos do antes, meu cabelo estava mais seco, sem muito movimento, e depois eles estão mais soltos, mais cheios de vida. Uma coisa importante durante o cronograma, é não utilizar química nos cabelos, eu estou tentando deixar toda química de lado, não pinto e não faço nada há cerca de dois anos.

ATUALIZANDO O POST

Fiz um vídeo explicativo para quem teve dificuldades em entender o post:





0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve


Karina, 26 anos, cambeense, historiadora e intérprete de LIBRAS, viciada em internet, redes sociais, séries e joguinhos, estou aprendendo a ser mulherzinha depois de anos sem autoestima e vaidade, e criei esse espaço para falar um pouco sobre todas essas Karinisses!

Siga no Instagram

Snapchat

Snapchat

Seguidores

Arquivos do Blog

Pin It button on image hover