quinta-feira, 19 de março de 2015

Escolhendo o secador de cabelo


Quem acompanha o blog já deve ter percebido que falo bastante sobre cabelo, sempre que faço descobertas, tratamentos ou transformações capilares posto aqui. Caso você não acompanhe, é só clicar aqui que todos os posts sobre cabelo aparecerão.


crédito da imagem blog fazendo moda

Meu cabelo sempre foi muito volumoso e armado, quando era mais nova e não tinha dinheiro e noção para cuidar, o bichinho andava sempre preso. Depois aprendi um método no qual cacheava e trançava, era muuita função, até que cheguei na chapinha (todas essas modificações com fotos você encontra nesse post). A chapinha era uma beleza nas primeiras semanas, até que percebi que o cabelo começou a ficar mega ressecado e sem movimento, então assistindo uma entrevista com o Rodrigo Cintra, o cabeleireiro disse que se colocarmos uma chapinha em nossa pele ela vai queimar feio, e é isso que ocorre com nosso cabelo, caso deixemos o secador por um tempo ligado com o vento voltado para a pele, podemos suportar, então o ideal seria trocar a chapinha por um bom secador.

Após assistir tal entrevista, resolvi mudar na hora da chapinha para o secador, comprei uma boa escova e passei a utilizar um secador que havia aqui em casa, acredito que era da Britânia, demorava a vida pra secar e no fim meu cabelo não ficava com um aspecto bonito. Então resolvi trocar por um com íons, nem sabia para o que funcionavam, mas todo mundo falava dos benditos que resolvi ir atrás, e acabei comprando um da Gama, o preço era atrativo, paguei em torno de 80 reais, e realmente foi outra vida, meu cabelo secava mais rápido e quando terminava dava um brilho, achei bizarro como pode haver mudança em uma coisa que aparentemente só emite vento e calor.


Porém, logo nas primeiras semanas tive problema com o bico que não parava, se estivesse secando e esbarra-se em algo ele caia, depois quem caiu foi a telinha que protegia a ventoinha, passado um ano meu secador começou a perder a força, secar o cabelo demoraaava, e por fim o botão de velocidade não funcionava mais. Tentei consertá-lo e tudo mais, mas no fim só tive dor de cabeça. Apenas dois meses após o fim da garantia o danado me deixou na mão.

Foi então que sai na minha busca por um secador melhor, tanto na estrutura quanto na qualidade, e acabei descobrindo coisas que nem imaginava, vocês sabiam que existe um secador para cada tipo de necessidade capilar? Pois é, existe! O meu caso que tenho cabelo volumoso e armado, o ideal são os acima de 1900 watts, e também que não sejam pesados, pois gasto no mínimo 20 minutos na escovação, se for pesado a dor é certa. Já as pessoas que tem cabelo finos e ralos, podem usar secadores menos potentes, como os de 1600 watts, e como secam rápido o peso não importa muito. No caso das pessoas que possuem cabelos enrolados e não querem alisar, há os secadores com difusores, se o seu não possuir, alguns lugares vendem o bico separado (nesse blog tem uma matéria super legal de como usar difusor), para esse tipo de cabelo uma boa potência também é importante.



Minha escolha de secador foi o Taiff Fox íon, não possuía nada da marca, mas quando ia no salão a cabeleireira sempre usava em mim, dei uma conversada com ela sobre a durabilidade e ela disse que o usava a muito tempo e ele estava firme e forte, além de ser bem potente. Dei uma pesquisada sobre ele e acabei comprando. Na loja que comprei havia outros da mesma marca mas que variavam de preços, fiquei atraída por um que era 40 reais mais barato, porém, a vendedora me mostrou que a carcaça não era tão resistente quando a desse.

Sobre minha experiência pessoal, estou curtindo bastante, estou gastando menos tempo escovando, ele é mais leve e muito mais potente que o meu anterior. Paguei em torno de 250 reais, dava para comprar uns 3 do meu antigo, mas aparentemente ele será mais durável e a qualidade é superior, um secador com mais watts realmente faz a diferença na hora da secagem para quem tem um cabelo rebelde como o meu. 

Resumindo, na escolha do secador cada caso é um caso, eu preciso de algo caro e potente para dar jeito nas minhas madeixas, mas em compensação não gasto com progressivas e relaxamentos, já outras pessoas, como por exemplo, aqui em casa meu irmão tem cabelo liso, usa aquele primeiro secador que deixava meu cabelo horrível e o dele fica ótimo, já a minha mãe reaproveitou meu Gama sem potência, utilizando-o apenas para secar e também fica satisfeita. Então caso vá comprar um, pesquise um modelo de acordo com sua necessidade e espero que minhas dicas te ajudem em algo !

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve


Karina, 26 anos, cambeense, historiadora e intérprete de LIBRAS, viciada em internet, redes sociais, séries e joguinhos, estou aprendendo a ser mulherzinha depois de anos sem autoestima e vaidade, e criei esse espaço para falar um pouco sobre todas essas Karinisses!

Siga no Instagram

Snapchat

Snapchat

Seguidores

Arquivos do Blog

Pin It button on image hover